sexta-feira, 2 de outubro de 2015

AVARIA



AVARIA

Não é a cegueira dos olhos a pior.
Esta empana a vista
anula os olhos
e faz do horizonte uma palavra sem cor.
Mas a falta de visão submersa,
tida às vezes por desatenção,
corrói muito mais que a outra.
Ela produz sentimentos avessos
que invadem o subsolo da alma
onde nidificam e permanecem!
E uma vez instalados
só mesmo uma rajada de amor
para minimizar o dano.

Basilina Pereira

2 comentários:

Clau Assi Poesias disse...

Basilina, amada

Hoje vim em excelente companhia para saborear suas publicações:
Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança.
William Shakespeare

Beijo ternurento
Clau Assi

Basilina disse...

Obrigada, querida Clau. Uma alegria imensa receber sua visita e seu carinho. Beijos retribuídos.