segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

UM ROSTO


UM ROSTO

No compasso dos seus passos


os meus passos seguem, lassos,


miram a lua - tão longe -


onde a felicidade esconde


o segredo bem maior


que a distância diluída


entre o meu corpo e sua luz.






No compasso dos seus braços


o meu corpo quer o abraço


minha mente quer a estrela


e só se aquieta ao vê-la


cintilando sobre a flor


como uma etapa vencida


feito um rosto frente à cruz.


Basilina Pereira

2 comentários:

Carlos Rímolo disse...

Querida grande amiga e poetisa Basilina!!
É uma grande honra visitá-la e deparar-me com tão lindo Blog. e maravilhosos conteúdos poéticos.Adorei. Sua poesia também é linda. Meus parabéns!
POETA CIGANO - 21/02/2010

Meu Blog: carlosrimolo.blogspot.com

"Política sem medo" disse...

Seus poemas sao lindos Basilina.Espero ter tempo bastante para visita-la mais vezes! Estou esperando mediacao la na sua comunidade para postar. Abracos! Fique com Deus!